Tuesday, June 4, 2024

Remada com Barra Articulada: Como funciona e execução correta.

Você está procurando intensificar sua rotina de exercícios e trabalhar vários grupos musculares ao mesmo tempo? Não procure mais do que a remada articulada com barra.

Este exercício é poderoso, envolvendo suas costas, ombros e core em um único movimento.

Neste artigo, vamos orientá-lo sobre a forma adequada e a técnica para executar este exercício de forma eficaz.

Prepare-se para levar sua forma física a novos patamares com a remada articulada com barra!

Músculos trabalhados no Remo com Barra Articulada

Os músculos visados no remo articulado com barra são principalmente os músculos das costas, incluindo o grande dorsal, romboides e trapézio.

Este exercício é uma excelente maneira de fortalecer a parte superior do corpo e melhorar a força das costas em geral. Ao trabalhar esses músculos, você pode desenvolver uma postura melhor e reduzir o risco de lesões.

O grande dorsal, localizado em cada lado das suas costas, é responsável por movimentos de puxar, como remar ou escalar. Os romboides ajudam a retrair as suas omoplatas, enquanto o trapézio auxilia no movimento adequado do pescoço e ombros.

Incluir o remo articulado com barra na sua rotina de exercícios não apenas aumentará a força da parte superior do corpo, mas também contribuirá para uma coluna mais saudável e uma função geral melhorada.

Benefícios de incorporar a remada de barra articulada com selo em seu treino

Um dos principais benefícios de incorporar a remada com barra articulada no seu treino é que ela envolve simultaneamente vários grupos musculares. Este exercício tem como alvo principal e melhora a força das costas, tornando-se uma excelente escolha para aqueles que buscam fortalecer a parte superior do corpo.

Ao realizar a remada, os músculos largos das costas, os romboides e os deltoides posteriores são ativados, ajudando a construir uma parte das costas forte e definida. Além disso, este exercício também envolve os bíceps e antebraços, já que eles auxiliam a puxar o peso em sua direção.

Outra vantagem da remada é sua capacidade de aumentar a estabilidade geral. Ao manter a forma adequada durante o movimento, você desafia os músculos do seu core a estabilizar seu corpo enquanto realiza o exercício. Isso não só fortalece seus abdominais, mas também melhora seu equilíbrio e coordenação.

Incorporar a remada com barra articulada na sua rotina pode trazer grandes benefícios tanto para a força das costas quanto para a estabilidade geral do corpo.

Forma e técnica adequadas para a remada articulada com barra

Para realizar o exercício corretamente, é importante manter a coluna neutra e engajar os músculos das costas durante todo o movimento. Isso garantirá que você obtenha o máximo dos remos articulados com barra e evite erros comuns.

Primeiro, vamos falar sobre os equipamentos necessários. Você precisará de uma barra e de um banco ou plataforma para se apoiar.

Comece em pé, com os pés afastados na largura dos ombros, e segure a barra com uma pegada pronada. Incline-se para a frente sobre o banco, mantendo as costas retas e o core ativado.

Puxe a barra em direção ao peito, contraindo as escápulas ao fazê-lo. Baixe o peso lentamente e repita pelo número desejado de repetições.

Lembre-se de manter a forma correta ao longo do exercício, evitando arredondar ou arquear as costas. Ao seguir essas orientações, você maximizará a eficácia deste exercício, minimizando quaisquer riscos potenciais ou erros na execução.

Variações e Modificações para Remada de Barra Articulada com Focas

Para obter resultados máximos e adicionar variedade aos seus treinos, você pode experimentar diferentes variações e modificações do exercício de remada articulada com barra. Aqui estão cinco opções que você pode considerar:

  • Use uma máquina de cabos em vez de uma barra para realizar a remada articulada.
  • Incorpore bandas de resistência ao seu treino, prendendo-as à barra ou à máquina de cabos.
  • Experimente realizar remadas articuladas com um só braço para desenvolvimento unilateral de força.
  • Utilize um treinador de suspensão, como o TRX, para um desafio extra e maior envolvimento do core.
  • Experimente diferentes variações de pegada, como pegada pronada, supinada ou neutra.

Ao realizar o exercício de remada articulada, é importante evitar erros comuns que podem comprometer sua postura e prejudicar seu progresso. Estes incluem arredondar as costas, usar muito impulso, puxar com os braços em vez de envolver os músculos das costas e não estender completamente na parte inferior de cada repetição.

Dicas para maximizar os resultados com o exercício de Remada Curvada com Barra Articulada:

  1. Ajuste corretamente a altura do banco: Certifique-se de que o banco esteja na altura adequada para que você possa alcançar a barra confortavelmente, mantendo uma posição neutra da coluna vertebral.

  2. Mantenha uma postura adequada: Mantenha as costas retas e os ombros para trás durante todo o exercício. Evite arredondar as costas ou deixar os ombros caídos para evitar lesões.

  3. Controle o movimento: Certifique-se de controlar o movimento

Se você quer obter o máximo do seu treino, é essencial focar em envolver os músculos das costas e evitar erros comuns de forma ao realizar a remada articulada com barra.

Um erro comum é usar peso excessivo, o que pode comprometer sua forma e levar a lesões. É recomendado começar com um peso que permita manter a técnica adequada durante todo o exercício.

Outro erro comum é arredondar as costas ou encurvar-se durante o movimento. Para evitar isso, certifique-se de manter o peito elevado e uma posição neutra da coluna ao longo de todo o movimento.

Conclusão

No geral, a remada articulada com barra é um exercício altamente eficaz para direcionar vários grupos musculares na parte superior do corpo. Ao incorporar esse exercício em sua rotina de treino, você pode experimentar inúmeros benefícios, como melhora da força das costas e postura.

Lembre-se de manter a forma e a técnica corretas durante todo o movimento para maximizar os resultados e reduzir o risco de lesões. Não tenha medo de experimentar diferentes variações ou modificações do exercício para se desafiar continuamente e evitar estagnações.

Continue se esforçando e desfrute dos resultados de seu trabalho árduo!

Leave a comment